Entrevistando o autor: Rafael Carneiro

E aí meus baixinhos queridos! Tudo bem com vocês? Comigo tudo ótimo.
Quem aí de vocês que gosta de conhecer novos autores? É pensando nisso que resolvi entrevistar Rafael Carneiro, autor de O Defensor- A Origem de Kcarc, que já RESENHEI aqui no blog pra vocês. Vamos a entrevista?





Oi Rafael! Tudo bem? Primeiramente como eu sempre peço para os autores é que se apresentem e falem um pouquinho mais de seu livro.


Primeiramente gostaria de agradecer à oportunidade e parabenizar o jovem Márcio pela iniciativa, desejando muito sucesso nessa empreitada cultural.










1. Como que surgiu a vontade de ser um escritor e o que te levou a divulgar/lançar o seu livro fora do país?
Comecei a escrever na minha adolescência. Escrevia poemas e letras de canções. Logo quando entrei na universidade comecei a desenvolver minhas histórias, e a partir daí surgiu o primeiro livro, "O Defensor- a origem de Kcarc". Desde cedo tive desejo de escrever.

Desde a publicação do primeiro livro não parei, escrevendo mais e mais. Na primeira escrita me dediquei apenas ao "Defensor". "Patmos" veio em seguida, que será lançado ainda este ano, uma ficção com base no apocalipse cristão. A continuação do "Defensor" está pronta e será lançada em breve.

Publicarei ainda nos próximos anos "As crônicas de Marilando", uma comédia sertanista, e "Sleuth", uma ficção policial. Sobre o lançamento do livro, foi publicado em Portugal, pois a editora Chiado é portuguesa, mas lançado na Bahia, em minha terra natal, Valente, e na capital do Estado. Escolhi a Chiado pela possibilidade de expandir o rol de leitores além do Brasil.



2. Muitos escritores, por mais que sejam brasileiros ou não, escrevem suas histórias se baseando em outros territórios. Como que surgiu a ideia de criar sua história, utilizando nosso território nacional?

As minhas histórias são criadas naturalmente, não utilizo de alicerces para construção, muito embora realize estudos, às vezes científicos, para concatenar as ideias e tornar o mais real possível. Sou patriota e desejo levar a cultura do meu país aos mais diversos leitores. Minhas histórias tem passagens por diversos países, mas com ênfase no território brasileiro. O Defensor é uma tentativa de abrasileirar um herói internacional. Nosso território é muito rico e com cultura vastíssima, com catalizador para muitas ficções explodirem.





3. Que tipo de estilo/gênero literário, você mais gosta de escrever?


Gosto de criar e uso a ficção para desenvolver meus gostos literários.











4. Como que foi a criação dos personagens e você se inspirou em alguma pessoa para criá-los?


Minhas criações são naturais. Alguns personagens crio com base em meus princípios, familiares, prezo muito o conceito cristão de família. Sou muito observador e um simples gesto que percebo nas ruas me inspiram a criar um personagem ou uma história.








5. E falando em seus personagens, qual deles você mais se identificou quando terminou de criar?


Acredito que todos os meus personagens tem um pouco de mim. Marilando é aquele que mais gosto e que conhecerão ano que vem, quando pretendo lançar o livro. Gostei muito de escrever e me diverti muito com a comédia.









6. O que você espera de sua carreira como escritor?


Não me preocupo na carreira de escritor. Sou advogado e trabalho com minha família. Escrever pra mim é uma paixão dividida com a advocacia. Espero ter uma boa receptividade dos meus leitores, o que me deixa gratificado.








7. Você se inspirou em algum autor (a) para escrever seu livro?


Vários escritores me inspiraram, desde Jorge Amado, Paulo Coelho a Dan Brown. Ninguém aprende do nada e grandes escritores e grandes obras estimulam qualquer mente curiosa, como a minha. A leitura constante constrói uma mente evoluída.








8. Fale um pouquinho mais de seu novo livro e também fale um pouquinho mais de seus futuros projetos literários.
Patmos – O cerne é o próximo lançamento, uma história de ficção baseada no livro do Apocalipse cristão. Mesclo política e religião, com muita ação. Uma ficção empolgante e futurista que sem dúvida me fez crescer como escritor. Tentei tornar reais os sinais do apocalipse, com muita ciência, mas respeitando os basilares bíblicos. Romance e guerra se entrelaçam com política e religião e formam uma história gostosa. Os valores do homem são postos à prova na luta constante do bem com o mal que o coloca no centro da batalha.

O Defensor – A face oculta da guerra é a continuação de O Defensor – A origem de Kcarc e se “infiltra” na guerra da Síria no combate constante dos defensores com os marteres. O fascinante da continuação da história é que ela começa nas entrelinhas dos últimos capítulos do primeiro livro e desvenda muitos segredos da trama. Em breve será lançado.

Sleuth é minha primeira ficção policial que se desenrola na capital baiana, na busca de um serial killer por um investigador extraordinário. Muitos segredos serão desvendados com uma dose de suspense.

As crônicas de Marilando é meu próximo lançamento. Minha primeira comédia foi a melhor e mais divertida história que escrevi. Um menino pobre que venceu na vida por seus próprios méritos no sertão da Bahia mostra as graças da face da brutalidade honesta deste sertanejo genial e da simplicidade de todos aqueles que o cercam.Me diverti muito escrevendo e lendo o que escrevi e tudo começa com um vaso de perfume.



9. Pra você! Qual é a parte mais gratificante e a que mais lhe incomoda em ser um escritor?


O gratificante é ouvir de um leitor que gostou muito da obra e me descrever o trecho que mais gostou. Eu não me incomodo com muitas coisas. Gosto dos ônus e bônus do que faço.









Agora farei um ping-pong rápido e você me fala a primeira coisa que vem em sua cabeça: DEUS...



Tudo











FAMÍLIA...



Bem mais precioso











SONHO...



Objetivo e não sonho











SER AUTOR É...



Incentivar a imaginação











RAFAEL...



Um turbilhão de emoções











LIVRO...



Bíblia










Então é isso Rafael! Essas foram as minhas perguntas... Muito obrigado por ter cedido esse tempinho, meus leitores e eu gostamos muito de suas respostas. E para finalizar eu gostaria que você deixa-se uma mensagem para todos os seus leitores e também eu gostaria que você também convida-se meus leitores a lerem seu livro.


Leiam, pois a leitura é a base do conhecimento e da evolução da alma. As mais simples histórias são as mais gostosas de serem lidas. Convido a todos entrarem na minha ficção e divertirem com o que máximo que pude produzir. Conheçam “Patmos” e viajem comigo. Prometo que incitarei a imaginação dos meus leitores.






Então é isso pessoal! Espero que tenham gostado dessa entrevista e como sempre, não se esqueçam de comentar aí em baixo e se for sua primeira vez aqui no blog: não deixe de seguir, se inscrever no canal, curtir a página do blog lá no Facebook, me seguir no Twitter e me adicionar no Skoob.

No mais é isso! Muito obrigado pela sua atenção e até a próxima. Tchaau.
Comentários
40 Comentários

40 comentários:

  1. Olá!
    Ainda não conhecia o autor, mas achei bem legal a entrevista.
    Gostei dos próximos lançamentos dele, principalmente o policial.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou! Não se esqueça de conferir a resenha. Bjs

      Excluir
  2. Olá, Marcio.
    Gostei bastante da entrevista. Ainda não conhecia o autor e gostei bastante das repostas dele. Acho que todo autor coloca um pouquinho de si em cada personagem que escreve, seja uma caraterista física ou uma qualidade ou defeito hehe. Ele tem bastante projetos em mente, tomara que dê tudo certo. Desejo boa sorte.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  3. Oieee.
    Bacana conhecer um pouco mais do autor, acho essas entrevistas tão válidas.
    A gente percebe como eles batalham e lutam pelos seus sonhos

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  4. Oi,
    Gostei bastante da entrevista e do autor, que ainda não conhecia, achei bem interessante os próximos trabalhos dele, e ficarei no aguarde.

    www.poyozodance.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou! Tem resenha do livro dele aqui no blog é só conferir.

      Excluir
  5. Oi, tudo bem?
    Bacana a entrevista com o autor Rafael!
    Muito legal da parte dele gostar tanto do Ônus quanto do Bônus de sua profissão de escritor. Significa que ele realmente tem amor pelo que faz.

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Adorei a entrevista!
    É sempre bom poder conhecer um pouco o autor, suas inspirações, seu processo criativo, bem legal!
    Beijos.

    Li
    Literalizando Sonhos

    ResponderExcluir
  7. Também adorei o layout da entrevista, com as fotos! O que mais me chamou atenção é que ele prima por ambientar as obras no território brasileiro. Acho fundamental que tenhamos mais livro valorizando nossa cultura.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  8. Olá! Sempre parabenizo as entrevistas, é maravilhoso conhecer o autor e suas inspirações. Não o conhecia e desejo a ele todo sucesso! Parabéns pela iniciativa! Abraços!

    http://www.livrosepergaminhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Márcio, tudo na paz?

    É a primeira vez que leio uma entrevista sua com um autor. Tu manda muito bem. :) Gostei muito da entrevista por saber que ele é um escritor do meu estado e ainda vai escrever um livro sobre o interior da Bahia. Excelente ideia a dele. Vou pesquisar sobre os trabalhos dele.

    Abraços!
    http://surpresasnaspaginas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo tranquilo Joe! Que bom que gostou e muito obrigado.

      Excluir
  10. Oi Marcio, muito bacana a entrevista! Eu não conhecia o autor e nem as obras ainda mas confesso que fiquei muito curiosa, parecem livros incríveis. Sem contar que o autor me conquistou com essa entrevista!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kétrin! Que bom que gostou... Fico muito feliz. Bjs

      Excluir
  11. Oi Marcio, suas perguntas foram muito boas. Adorei a entrevista!
    Não tinha conhecimento do autor ainda, achei bem bacana as inspirações diferentes que ele tem.
    Beijos
    Historiar

    ResponderExcluir
  12. Acho super legal essas entrevistas, a gente tem uma oportunidade a mais de conhecer os autores e saber um pouco mais além das suas obras.
    Queria ter um pouco mais de tempo para fazer lá no blog também.

    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :) Seria uma honra poder conferir suas entrevistas. Bjs

      Excluir
  13. Olá Marcio, gostei bastante da entrevista. Sempre é quando um autor decide escrever um livro por paixão e não por popularidade ou retornos financeiros. Quando a primeira opção é prioridade, a obra com certeza fica mais completa.
    Bjim!

    Tammy

    ResponderExcluir
  14. Olha eu não conhecia o autor e nem sua obra, mas gostei bastante da sua entrevista.
    Eu pude conhecer um pouco sobre ele e seu trabalho e também conhecer sua obra que achei bastante interessante.
    Espero poder ter a oportunidade de fazer a leitura qualquer dia. Muito legal suas perguntas e achei o autor muito simpático também =]

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/10/resenha-as-vidas-e-as-mortes-de.html

    ResponderExcluir
  15. Oi, Márcio. Uma boa entrevista. Não conheço o livro do autor, mas pode ser a hora de dar uma olhada.

    http://porredelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Nunca é tarde para conhecermos novos autores. :)

      Excluir
  16. Oi! Tudo bem?

    Não conhecia o autor e nem a obra. Vou dar uma olhada na resenha, vai que a obra me encanta... E gostei bastante da entrevista, o autor parece ser um cara bem sensato. Muitas de suas respostas foram bem objetivas e demonstraram isso! Parabéns ao autor e ao blog pela entrevista =) Sucesso!

    Beijos,

    Juliana Garcez | Livros e Flores

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Juliana! Sim e você?
      Que bom que gostou e muito obrigado. Bjs

      Excluir
  17. Oláá
    Parabééns pelo post, ficou muito legal haha adorei a entrevista, não conhecia o autor mas fiquei curiosa pelas obras ;)

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :D Que bom que gostou e muito obrigado. Bjs

      Excluir
  18. Muuuito legal a entrevista! Adorei as perguntinhas e as respostas do autor foram ótimas, deu pra conhecer bem os projetos dele. Espero ter a oportunidade de ler alguma de suas obras.

    Beijos
    http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :) Que bom que gostou! Fico muito feliz. Bjs

      Excluir
  19. Oi Marcio!
    Não me identifiquei muito com o autor e sua obra, mas desejo muito sucesso para ele, pois pareceu bem simpatico na entrevista.

    Abraços
    http://ummundochamadolivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  20. Olá Márcio,
    Entrevista bacana, parabéns.
    Adorei conhecer um pouco o autor. Muito bacana ele ser advogado e escrever apenas para ele, estou em busca disso.
    Espero que ele tenha muito sucesso em sua carreira, tanto de autor quanto de advogado :)
    Beijos
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir