TAG: Frases de Mãe [Original]

Venha conferir a TAG mais famosa do dia das Mães

Leia mais

Diário de um Cardiopata

Venha conferir alguns capítulos do meu primeiro livro.

Leia mais

Booktour: Epicuro em meu jardim

Inscrições Abertas Venham participar

Leia mais

15 dezembro 2015

Resenha #20: Caçadores de Sereias

E aí meus baixinhos queridos! Tudo bem com vocês? Comigo tudo ótimo.
Como vocês podem/puderam ver aí no título dessa postagem, hoje eu vim trazer a resenha de Caçadores de Sereias da autora Ana Laura Montenegro, que recebi em parceria com a Editora Chiado e espero que vocês gostem do mesmo.

Caçadores de Sereias
Livro recebido de parceria com a editora.
Autora: Ana Laura Montenegro
Págs: 270
Gênero: Fantasia
Formato: 14 X 22
Editora: Chiado Editora
Lançamento: 2015
Sinopse: O exótico mundo da Amazônia e sua mitologia invadem o confortável mundo da londrina Ayla, filha de um estudioso de línguas indígenas que é sequestrado junto com seu tio e a sua mãe, que até então ela pensava estar morta.  Com ajuda do lendário Curupira e do interessante Erik ela irá lutar contra os perigos mais selvagens que a floresta irá lhe apresentar para salvar a sua família.

Primeiramente antes de conhecermos a história, vamos conhecer a autora! Vamos lá?

Ana Laura V. A. Montenegro, de 19 anos nascida no Rio de Janeiro, Brasil é filha de militar e ao longo da vida morou em várias partes do país. Formada no Colégio Militar do Rio de Janeiro em 2013, se mudou para Portugal no meio de 2014 para cursar o ensino superior na Universidade Católica Portuguesa, com sede em Lisboa para o curso de Relações Internacionais. Teve a ideia do livro quando morou na Amazônia, dos 13 aos 15 anos, quando se apaixonou por sua rica mitologia e aos 17 anos começou a escrever o livro, terminando um ano depois.



Nesse livro somos apresentados ao folclore Brasileiro, sendo detalhado um pouquinho de cada lenda urbana, como por exemplo: Iara, Boto cor de Rosa, Curupira, Mula sem cabeça, Saci e dentre outros! Mas não é só um simples livro, pois nele podemos presenciar cenas picantes e que certamente lhe fará ser parte da história.

De inicio conhecemos a lenda de Iara, uma bela Índia morena, que entrava em sua puberdade e por causa de uma tragédia, ela acaba se tornando a guardiã dos rios! Anos depois do acontecimento, Iara conhece John um estudante de línguas indígenas, que viajou para a Amazônia para servir de interprete para uma empresa que precisava de seus serviços e assim ele acaba tendo um caso com Iara.

"Quando o sangue nas tuas veias regressar ao rio,
E a rocha nos teus ossos regressar ao solo,
Talvez então te lembres que esta terra não te pertence,
És tu quem pertence a esta terra."

Desse caso nasce Ayla, uma bela garota de 19 anos que vivia muito feliz com seu pai, seu tio e seu primo em sua cidade até aquele dia, em que um grupo de piratas rapta sua família e por pouco ela não foi levada junto! Querendo encontrar sua família, ela acaba conhecendo curupira, um homenzinho verde, baixinho, cabelos da cor do fogo e os pés virados para trás, que diz que ela tem que ir para Amazônia resgatar seus pais.

Nisso ela descobre que sua mãe está viva e que é a mãe das águas, ou seja, uma seria! Fazendo dela assim, metade humana metade sereia... Em busca de respostas ela conta para seus amigos tudo que está se passando e aceita ir para esse lugar, mas seus amigos resolvem ir junto sem a aprovação de Curupira.

- Meu nome não é só meu, foi emprestado por meus ancestrais, e deve ser devolvido sem manchas. Minha honra não é só minha, será herdada por meus descendentes e deve ser entregue intacta. Nosso sangue não é só nosso, é um presente para as gerações ainda por vir, e devemos carregá-lo com responsabilidade.

Em seu destino ela conhece Erick filho do Boto cor de Rosa, cuja, se apaixona e assim como foi com seus pais, ela também tem um caso! Treinada por ele, ela se transforma em uma ninfa e quando pronta, parte em busca de seus entes queridos.


Agora vamos falar do livro! Ele é muito bonito e sua linguagem é muito boa, mas aconselho a autora e a editora a revisarem melhor a escrita, pois percebi erros de escrita. O tamanho da fonte é ótima, as folhas são amarelas, a capa é muito bonita e já a contra capa e a lombada é toda preta! Inclusive quando cheirei o livro, tive a sensação que era um livro velhinho.

Foi a primeira vez que vi uma autora brasileira se aprofundar em nossas lendas urbanas e detalhar tão bem elas! E como eu disse, tem algumas cenas fortes nesse livro e por isso não recomendo essa leitura para menores de idade, pois além de abordar o folclore e o trafico, ele também aborda a pornografia, que está muito evidente na leitura e faz de você se sentir parte da história, assim como eu fui.

O que é uma fantasia se não fosse a imaginação, nele a autora fala de zumbis e também do reino dos céus, que me animou bastante e fez com que eu favorita-se esse livro! No mais eu só tenho a recomendar essa leitura para aqueles que curtem o gênero.


Então é isso! Espero que tenham gostado dessa resenha, não deixem de comentar aí em baixo e se for a sua primeira vez aqui no blog, lhe convido a seguir, se inscrever no canal, curtir a página do blog lá no Facebook, me seguir no Twitter e me adicionar no Skoob.

No mais muito obrigado pela sua atenção e até a próxima. Tchaau.

20 comentários:

  1. Olá, Marciosa!
    Não conhecia o livro, parece mesmo ser muito bom pela sua resenha. Esse gênero é o que mais me prende na leitura! rs


    Ah, Marcio tem sorteio de livro rolando no meu blog, participe!
    http://goo.gl/i03FzM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rebeca! Que bom que gostou e pode deixar que confiro. Bjs

      Excluir
  2. Oi! Parece ser bacana o livro, mas não me chamou a atenção. Não sei se é a história em si, ou a capa, alguma coisa não me chamou. Beijocas e sucesso com o seu blog!

    Ensaiando

    ResponderExcluir
  3. Oieee! Não conhecia o livro, mas agora quero fazer a leitura, pois ele faz o meu estilo. <3 Gostei da resenha! Você sempre faz ótimas resenhas.

    Ps: Amei a capa do livro tbm!

    ResponderExcluir
  4. Oi Marcio, eu não conhecia esse livro ainda e fiquei bem feliz de saber dele agora, confesso que sua resenha me animou muito a ir atrás dele o quanto antes, parece ter uma trama muito cativante e envolvente. Parabéns pela resenha!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kétrin! Tudo bem? Que bom que você gostou, espero que curta a leitura assim como curti. Bjs

      Excluir
  5. Gostei bastante da resenha, fiquei com vontade de comprar para ler.
    É desse jeito que começa a periguetagem literária, certo?
    E gostei bastante da capa, geralmente as capas nacionais são bem simples e essa tem um quê de capa trabalhada e pensada, gostei bastante. Agora só me falta ler para ver se o livro é tão bom assim.
    Beijos e gostei bastante do blog.
    Claquete Rosa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nathalia! Tudo bem? Respondendo sua pergunta... Sim. Bjs

      Excluir
  6. Oi, tudo bem?
    Gostei do fato da autora abordar folclore brasileiro, lendas urbanas e tal. Acho que daria uma chance para o livro.
    Bjs

    http://a-libri.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Opa, blz? Cara, eu curto muito lendas urbanas e fico muito feliz em ver um autor explorando as NOSSAS lendas! Nossa, super vou procurar o livro. Parabéns pela resenha e pelo blog. To seguindo \0

    Abraços!
    Academia Literária DF

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa! Sim e você? Que show.
      E seja bem vindo. Abs

      Excluir
  8. Oie! Eu sou apaixonada por fantasias e esse livro me despertou um interesse enorme. Realmente, nunca havia visto uma obra que detalhasse dessa forma as histórias que eu ouvia quando era pequenucha. Achei muito interessante a ideia da autora e espero poder conhecer a obra em breve. Os livros da Chiado são lindos mesmo e eu sempre amei as edições deles ♥

    Beijos,
    Fernanda F. Goulart,
    Império Imaginário.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fernanda! Fico feliz que tenha gostado. Bjs

      Excluir
  9. Oiie
    Bela resenha e que bom que curtiu tanto a leitura, não leria por não ser meu gênerio favorito mas vou indicar a alguns amigos que vão adorar

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Catharina! Fico feliz que tenha gostado e seria uma honra ver a opinião deles. Bjs

      Excluir
  10. Olá, achei muito interessante o fato de a autora colocar elementos do nosso folclore na trama, só por isso eu já leria, e gostei também por saber que ela tem algum conhecimento e vivência da cultura do nosso país.

    ResponderExcluir

©Um baixinho nos Livros - 2017. Todos os direitos reservados. - Criado por: Marcio Silva. - Tecnologia do Blogger. imagem-logo