Resenha #26: Segredos do Reino

E aí meus baixinhos queridos! Tudo bem com vocês? Comigo tudo ótimo.
Como prometido hoje venho apresentar para vocês mais uma resenha, peço desculpas por não ter feito postagem sexta-feira, mas é que como avisei na postagem de ontem, estive de feriado e como minha quinta-feira estava corrida, não tive como fazer essa postagem para vocês! Mas agora tudo voltou ao normal e podemos seguir com a programação do blog.

Hoje "como dito" vim trazer para vocês mais uma resenha, essa recebi de parceria com Lucas Hargreaves, achei a leitura e o livro muito bom! Mega recomendo para vocês e vamos a resenha?

Segredos do Reino
Livro recebido de parceria com o autor.
Autor: Lucas Hargreaves
Págs: 352
Gênero: Fantasia
Formato: 14 X 21
Editora: Novo Século | Selo: Talentos da Literatura Brasileira
Lançamento: 2015
Sinopse: O que uma princesa, um comerciante sem sorte, uma pintora excêntrica, o líder de uma quadrilha, um monge amnésico e um homem depressivo com apenas dez centímetros de altura têm em comum? Bem, por ora apenas um único objetivo: desmascarar o perverso rei Clausius perante a população do reino, destronando-o de uma vez por todas. Conseguirão eles lidar com todos os obstáculos que atravessam seu caminho, incluindo o próprio exército real?
Acompanhe as aventuras (ou desventuras?) de Clarissa e Miguel, e embarque em uma narrativa ágil e surpreendente, repleta de conflitos, suspense e reviravoltas que o farão repensar se tudo é mesmo o que parece ser. Desbrave os territórios mais longínquos de Merquillian, e desvende as conspirações e artimanhas de Clausius, que, até então, eram segredos do reino.
"Há peças demais no xadrez. É hora de chacoalhar o tabuleiro." - Rei Clausius.

Primeiramente! Se você gosta de livro que tem uma pegada meio infantil, mega lhe recomendo Segredos do Reino, pois o modo que o autor narra à história me fascinou e me encantou ao mesmo tempo.

Lembram-se quando era criança? Quando seu pai ou sua mãe lia uma historinha de ninar! Você ficava fascinado quando ele/ela começava a história com ERA UMA VEZ e ali sua imaginação começava a fluir até você dormir.

- A curiosidade é tão mortal quanto o veneno de uma serpente percorrendo-lhe as veias.

Narrada em terceira pessoa do singular o autor começa a história exatamente assim como expliquei para vocês! Em um reino próspero e peculiar regido por um rei chamado Clausius o único monarca de sua dinástica e substituto direto do seu "falecido" irmão Clio. Ele vivia um reinado muito glorioso junto com sua sobrinha Clarissa que foi criada como sua filha.

Até que um dia dois camponeses que moravam naquele reino, visitam o rei sem a devida permissão, invadindo o castelo Miguel e Abraão vão em busca de Clausius sem ao menos saber em que parte ele está. Nesse trajeto eles acabam se separando e Miguel acaba encontrando Clarissa que mostra quase todo o castelo para ele. Já Abraão é levado até o rei, mas ao se encontrar com o soberano, acaba por falar coisas que não o agradaram, fazendo assim Clausius revelar sua verdadeira personalidade.

- Quanto mais alto se sobe em uma árvore, mais fatal o impacto da queda.

Clarrisa e Miguel chegam no exato momento do ocorrido e se deparam com toda aquela situação! Vendo o que aconteceu e sem pensar fogem do castelo para não serem mais uma vitima daquele rei. Sem rumo e sem saberem o que fazer, partem para a floresta e lá conhecem algumas pessoas que o ajudam a se esconder, mas a felicidade deles dura muito pouco e novamente partem rumo ao desconhecido, mas desta vez cada um seguiu um rumo diferente e passam por coisas que não acreditavam que existia.






Vamos falar do livro em geral?

A arte do livro Segredos do Reino é uma perfeição que nunca vi cada detalhe postada nele é simples e bem bonito, tem um relevo no nome e partes da arte são em verde, onde que predomina o preto.

As letras estão em um tamanho muito bom, já cada capítulo se inicia com um número e um título grande em destaque, também de inicio de palavra "do capítulo" a primeira letra é bem grande e destacada. Em partes também é dividido por asterisco (*) e voltando aos capítulos: cada um deles tem mais ou menos vinte e duas páginas.

Já a escrita do autor é muito calma e bem detalhada, fazendo com que entendemos cada parte da história. Como eu havia dito logo de inicio, ele começa a história com ERA UMA VEZ, podendo intitular esse livro tanto para o público infantil, quanto para o público jovem-adulto e quem sabe o adulto também.

Bom! Não irei falar muita coisa, pois é o primeiro livro do autor e claro dessa série. Temos muito para descobri e confesso para vocês que quando iniciei a leitura, já imaginava o que iria acontecer "em certas partes" por que estava muito a vista, mas é muito bom o livro.






Então é isso pessoal! Espero que tenham gostado de minha resenha, comentem aí em baixo o que acharam dela e se for a sua primeira vez aqui no blog, lhe convido a seguir, se inscrever no canal, curtir a página do blog lá no Facebook, me seguir no Twitter, me seguir no Pinterest e me adicionar no Skoob.

No mais é isso! Muito obrigado pela sua atenção e até a próxima. Tchaau.



Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário