Resenha #33: Abryel

E aí meus baixinhos queridos! Tudo bem com vocês? Comigo tudo excelente.
Hoje "como já diz no título dessa postagem" irei resenhar o livro Abryel que recebi de parceria com a editora Chiado! Espero que gostem e vamos a resenha.

Abryel
Livro recebido de parceria com a editora
Trilogia: Paralela
Autor: Wellington Pinto
Págs: 170
Gênero: Fantasia
Formato: 14 X 22
Editora: Chiado Editora
Lançamento: 2015
Sinopse: Dois universos com dádivas distintas. Um evento desestabiliza a ordem. Cabe a um etrusco restaurar a paz. Não há piedade. Resta desilução.
O equilíbrio entre dois mundos foi afetado. Dá-se início à Trilogia Paralela.
O Mundo Paralelo coexiste com sua irmã gêmea em outro plano, ambos necessitam estar bem e a ruína de um pode representar a falência de outro. A ele foi dada a dádiva da tecnologia e a nós coube a magia. Deus não permitiu que um possuísse ambas as maravilhas, pois temeu que a criatura almejasse tornar-se maior que o criador.



Primeiramente eu gostaria de avisar que não esperava receber esse livro, por que eu havia solicitado outro e por engano a editora acabou enviando esse que estarei resenhando agora para vocês. Pensei que não iria gostar da leitura, mas amei e espero que gostem também do que irei falar.

- Estudar o passado é compreender o presente e garantir o futuro.

Apresentados em primeira pessoa do singular, vemos um mundo caótico onde a população está vivendo atentados terroristas e mortes da forma mais covarde possível. Narrado em diversos pontos de vista, conhecemos o mundo como era antes e durante os acontecimentos que ocorrem nos quatro cantos do planeta... Além do ponto de vista de diversas pessoas, também temos o ponto de vista em terceira pessoa do singular.

"Nunca conte seus projetos pessoais a alguém, por mais intima que a pessoa seja, pois a chance de vê-los menosprezados é grande e logo você entrará em batalha mental se deve ou não dar prosseguimento a eles. Lembre-se, o que soa como utopia para alguns, pode tornar-se realidade através de seu esforço."

Invasões, mortes, pessoas lutando para sobreviver em um mundo de caos inacabável, desconhecidos atirando em pessoas inocentes que procuram um esconderijo para fugir daquele massacre. O equilíbrio que antes era normal, agora não existe mais e um novo mundo está para surgir.



Como dito na descrição do livro, Abryel é o primeiro livro da Trilogia Paralela! Nele somos apresentados a um mundo nunca antes visto em uma história rápida, envolvente e empolgante.


Adentramos e interagirmos instantaneamente na história, conhecendo um conteúdo muito bem elaborado. Não encontramos erro nenhum de ortografia, cuja, a narrativa é muito boa e a fonte é excelente.


Além de ser dividida em três partes, somos inseridos em um tipo de relatório que fala como se o ser humano fosse um objeto de estudo. A capa é muito linda e bem elaborada, os capítulos se iniciam com a palavra CAPÍTULO e já as cenas são divididas com os asteriscos (**).


Em geral a história é muito boa, claro que recebe cinco estrelas e sem sombra de dúvidas é favorita do.


Então é isso pessoal! Espero que tenham gostado dessa resenha, comentem aí em baixo se estou-me saindo bem na escrita e se for a sua primeira vez aqui no blog, lhe convido a seguir, se inscrever no canal, curtir a página do blog lá no Facebook, me seguir no Twitter, também no Pinterest e me adicionar no Skoob.

No mais é isso! Muito obrigado pela sua atenção e até a próxima. Tchaau.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário