Resenha #49: Bella Máfia- Dinheiro se lava com sangue

E aí meus baixinhos queridos! Tudo bem com vocês?
Hoje trago mais uma resenha aqui no blog. O livro da vez é o Bella Máfia que recebi de parceria com a Luva Editora. Primeiramente eu gostaria de avisar para não me julgarem por que irei falar do que achei e se não lhe agradar sinto muito é minha opinião.

Bella Máfia: Dinheiro se lava com sangue
Livro recebido de parceria com a editora
Autor: Vitto Graziano
Págs: 388
Gênero: Romance Policial
Formato: 15 X 23
Editora: Luva
Lançamento: 2017
Sinopse: Sócio majoritário da maior mineradora do Rio de Janeiro, Salvador Lavezzo também é a cabeça por trás de um sofisticado esquema de narcotráfico no eixo Brasil-Suíça; contudo, vê sua fortuna ser ameaçada após a apreensão de dez toneladas de pasta base de cocaína no Mato Grosso. Investigado pela Polícia Federal e jurado de morte por seus superiores, Lavezzo terá 24 horas para virar o jogo a seu favor.

Vamos lá! Primeiramente irei explicar o motivo que dei essa nota e espero que como dito não me julguem, apenas estou passando minha opinião dessa obra. Já vou falando que a história não me prendeu, senti que nada se encaixava com o enredo imposto pelo autor, mas a história é legal e isso não tenho o que reclamar.

Existem tantos fatores para abordar que irei falar primeiro sobre a história. Nela conhecemos em terceira pessoa do singular o Tupinambá que não via a hora de concluir o serviço/trabalho imposto para ele. Ficava pensando o que levou os amigos "Organização formada por Ítalo-brasileiros ligados a Riccardo Treviso" a agirem feito quadrilha de rua... Investigando pista foi até a pessoa desejada.


Logo em seguida somos apresentados "também em terceira pessoa do singular" à Patrícia e Andressa ambas médica e amigas. Patrícia é cirurgiã de emergência e Andressa é pediatra. Enquanto voltavam de seu plantam Patrícia dormia e Andressa dirigia tentando acordar a amiga, mas se deparam com uma situação que não podem seguir o seu rumo.

Tupinambá por sua vez localiza sua vitima "que é Guzmán Aguirre" que deve uma grana "dinheiro" para os amigos e o enfrentou. Só que a boca de Guzmán foi tão grande que seus miolos voaram. Nesse instante novamente se muda a visão da história e conhecemos Salvador Lavezzo o protagonista dessa obra que ia em seu carro blindado quando recebeu uma ligação de Macedo que o atualizou das novidades, fazendo com que Lavezzo liga-se e ameaça-se uma pessoa.

♪ Mal começaste a conhecer a vida
Já anuncias a hora de partida
Sem saber mesmo o rumo que irás tomar. ♫

♪ Preste atenção, o mundo é um moinho
Vai triturar teus sonhos, tão mesquinho
Vai reduzir as ilusões a pó. ♫

Mudando novamente de visão somos apresentados a Ribeiro que acorda amarrador por um fio de náilon em um lugar fechado, além de ter algemas em seus punhos que o tortura... Enquanto isso passamos para a visão de Roni Mota que é o motorista de Lavezzo que levava seu chefe para onde ele queria. Até que se depara com uma cena o fazendo acelerasse o carro para ter mais tranquilidade.

Como dito os AMIGOS são uma Organização formada por Ítalo-brasileiros ligados a Riccardo Treviso ou melhor é a máfia do tráfego do Rio de Janeiro. Todos foram convocados para uma reunião na casa de Riccardo Trevis para falar sobre a falha de Lavezzo e decidir o que iriam fazer.

♪ Ah! Se o mundo inteiro me pudesse ouvir
Tenho muito para contar, dizer que aprendi
E na vida a gente tem que entender
Que um nasce pra sofrer enquanto o outro ri ♫

♪ Mas quem sofre sempre tem que procurar
Pelo menos vir achar razão para viver
Ver na vida algum motivo pra sonhar
Ter um sonho todo azul
Azul da cor do mar. ♫

Enquanto isso Fortunato ia em seu carro quando no rádio passa a reportagem que ele havia dado na emissora Tupã que depois daquilo muitos começaram a apedrejá-lo na sua delegacia. Sim! Fortunado é delegado e ninguém tinha gostado do que ele havia falado naquela entrevista.

Ednaldo por sua vez vivia muito bem no lugar onde morava graças a Lavezzo que o ajudou a chegar onde está. Até que Francesco bate em sua porta dizendo que eles têm pendencias para acertarem. Já Lavezzo ao chegar em sua casa se surpreende com os repórteres lhe enchendo de perguntas.


Esse livro é uma mistura de informações: fala de trafico e também de política. Mostra a realidade nua e crua da situação do Rio de Janeiro nos tempos atuais e mostra que nem tudo é como pensávamos. Caso nada saia como é esperado para a Máfia o pagamento é a morte! A história toda se passa no Rio de Janeiro como podemos perceber, assim é valorizado muito nossa cultura.

A linguagem do livro é atual! Usando as gírias brasileira o autor mostra como funciona uma gangue de traficantes que é como um plano de trabalho. Todos lutam para proteger o seu superior, dividido em setores cada um sabe seu lugar e caso não saia como esperado é recrutado outra pessoa que tem codinome dado pelo próprio grupo... Não existe erros de revisão, a história é bem narrada, mas no meu ver meio confusão, pois tem muita informação que não dá tempo de digerir e encaixar a cena, quanto a fonte é boa.


No rodapé de algumas folhas têm um míni dicionário explicando uma determinada palavra que está no texto, nas divisões de cenas temos três desenho de asterisco (*), temos desenhos para representar determinadas cenas, tem letras de músicas tanto português quanto em inglês "isso é ótimo quando tem música na obra, assim podemos acompanhar a narrativa" e também temos algumas cartas escritas pelo protagonista que está escrito em uma fonte diferente da história.

Um ponto positivo que achei é que as folhas são grossas e amarela, isso dá a impressão que a história nunca acaba, a arte da capa é demais e faz com que imaginamos como deve ser a vida no Rio de Janeiro, mas o que me incomodou é que o papel usado para fazer a mesma é muito fraco, pois a lombada dobrou mesmo cuidando muito para isso não ocorrer e a lamina de proteção que colocaram para proteger mais o livro está se soltando.

Confesso para vocês que foi difícil avaliar essa obra por que muitos quesitos tanto positivo quanto negativo surgiram para que eu desse essa nota. Irei fazer uma breve avaliação e espero que não me julguem, pois estou avaliando o conjunto todo.

Quesitos Positivo:

  1. Não existe erros ortográficos;
  2. Ótima narração;
  3. Fonte boa;
  4. Mini Dicionário;
  5. Tem divisões de cena;
  6. Letras de Músicas e algumas ilustrações;
  7. Folhas grossas e amarela;
  8. Bela arte;
  9. O cenário da história é o território brasileiro, mais preciso o Rio de Janeiro.


Quesitos Negativos:

  1. História meio confusa;
  2. Papel utilizado para fazer a capa não é resistente;
  3. Consegui enxergar a costura do livro, além de ver a marcação do papel onde ele é colado "acho que deve ser esse exemplar que recebi, talvez no seu isso não esteja acontecendo".


Sei que existem muitos pontos positivos do que negativo, mas pensem comigo. Que nota vocês dariam se a história desse a impressão de estar confusa? Levei muito em consideração esse quesito, mas em si a obra é muito boa e mega recomendo para quem gosta desse tipo de leitura. Essa é minha opinião! Qual é a sua?

Se entendi errado esses pontos negativos já vou pedindo desculpa, mas como sabemos "novamente digo" é minha opinião. Quem sabe você não leia e não ache esses pontos negativos que citei... O meu papel aqui é falar o que achei em geral, não estou aqui para julgar ninguém, fica aqui nessa postagem o que pode ser melhorado ou não. Vai da/do editora/autor entender como quiser e de vocês quererem ler essa obra.

Quero parabenizar o autor pela escrita dizendo que continue crescendo cada vez e a editora por estar ingressando nesse ramo, espero que muitos autores vão de atrás do trabalho de vocês que só tem a valorizar cada vez mais.



Então é isso pessoal! Espero que tenham gostado dessa resenha, comentem aí em baixo o que acharam "não me julguem mal, mas foi isso que achei da obra toda" e se for a sua primeira vez aqui no blog, lhe convido a seguir, se inscrever no canal, curtir a página do blog lá no Facebook, me seguir no "Twitter" "Pinterest" "Instagram" "Amino" "Snapchat" e me adicionem no "Skoob" "Goodreads" "Google +".

No mais é isso, muito obrigado pela sua atenção e até a próxima. Tchaau
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. Acho que nunca li nada do gênero, logo quando eu vi essa foto no seu Instagram fiquei super interessada! Esteticamente falando é um livro muito lindo! Essa coisa de vários personagens e pontos de vista deixa tudo muito confuso mesmo! Não sou grande fã desse estilo de escrita. Daqui que todas as histórias se encontrem e vire uma coisa só, já esqueci até meu nome! kkkk

    Garota do 330

    ResponderExcluir